Mensagens de Bom Dia com Deus - Good morning messages with God - ¡Mensajes de buenos días con Dios

Bom Dia com Deus

Canal Luisa Criativa

Escola Bíblica

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Idealismo na política internacional e a Liga das Nações

Idealismo na política internacional e a Liga das Nações

As relações internacionais e a função das organizações ...


A Grande Guerra havia sido demasiadamente traumática. Nunca o mundo presenciara tanta carnificina e destruição em um conflito entre “nações civilizadas”. Os europeus, que haviam comemorado o início do ansiado conflito, concluíram-no exaustos e dispostos a fazer daquela a derradeira guerra.

O sentimento mundial e, sobretudo, europeu, ao fim da Grande Guerra, era de que não se poderia mais tolerar que os povos se dizimassem em um conflito armado, e que a Sociedade Internacional deveria empreender todos os esforços no intento de garantir um mundo pacífico e regido pelo Direito, e não pela força.

O presidente estadunidense Woodrow Wilson foi o idealizador do programa de construção de uma nova ordem internacional chamado Quatorze Pontos. Esse programa, apresentado para a Conferência de Paris, previa um acordo de paz sem anexações territoriais ou indenizações de guerra e baseava-se no princípio da autodeterminação dos povos, isto é, cada nacionalidade teria direito de ter a própria independência, caso, por exemplo, da Hungria, Polônia e Sérvia. Além disso, o programa wilsoniano previa a criação de uma Sociedade das Nações, para assegurar que o mundo não entrasse novamente em guerra.

A Sociedade das Nações, ou Liga das Nações, foi fundada em 28 de abril de 1919. Apesar das pretensões de Wilson, ela acabou sendo bastante limitada. Um Conselho Permanente, formado por Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Japão e Itália, serviria como árbitro nas questões internacionais. Caso não fosse bem-sucedido, a Assembleia Geral, composta por todos os membros, poderia votar sanções morais, econômicas ou militares.

Para fins práticos, os efeitos trazidos pelo advento da Sociedade das Nações foram desprezíveis. Como exercia, na realidade, pouco poder, quando votava algum tipo de sanção ou de agravo, o país atingido simplesmente se retirava da Liga. Ademais, a organização já começara enfraquecida, pois a principal Potência mundial e pátria do seu idealizador, os EUA, acabaram não aderindo à Liga, por decisão do Congresso norte-americano.




Fontes de referência, pesquisa e estudos:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para a atualização e manutenção deste Blog. Que Deus multiplique as suas bençãos!

My Instagram

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!