Sociedade Bíblica do Brasil

Canal Luisa Criativa

 
Unidos por Jesus Cristo! Como Irmãos!
Grupo Público · 2.614 membros
Participar do grupo
Grupo de pessoas comuns e que temem à Deus... Atenção! Você meu querido amigo ou amiga que faz parte e é membro desse grupo, sinta-se a vontade para p...
 

Escola Bíblica

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Entenda o "Paradoxo do Avô"

Entenda o "Paradoxo do Avô"












Reincidência Penal - Aula 06 - Atenuantes e Agravantes - Aplicação da ...

Levítico Capítulo 18

Levítico Capítulo 18



Resultado de imagem para Levítico


1 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
2 Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Eu sou o Senhor vosso Deus.
3 Não fareis segundo as obras da terra do Egito, em que habitastes, nem fareis segundo as obras da terra de Canaã, para a qual vos levo, nem andareis nos seus estatutos.
4 Fareis conforme os meus juízos, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus.
5 Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; os quais, observando-os o homem, viverá por eles. Eu sou o Senhor.
6 Nenhum homem se chegará a qualquer parenta da sua carne, para descobrir a sua nudez. Eu sou o Senhor.
7 Não descobrirás a nudez de teu pai e de tua mãe: ela é tua mãe; não descobrirás a sua nudez.
8 Não descobrirás a nudez da mulher de teu pai; é nudez de teu pai.
9 A nudez da tua irmã, filha de teu pai, ou filha de tua mãe, nascida em casa, ou fora de casa, a sua nudez não descobrirás.
10 A nudez da filha do teu filho, ou da filha de tua filha, a sua nudez não descobrirás; porque é tua nudez.
11 A nudez da filha da mulher de teu pai, gerada de teu pai (ela é tua irmã), a sua nudez não descobrirás.
12 A nudez da irmã de teu pai não descobrirás; ela é parenta de teu pai.
13 A nudez da irmã de tua mãe não descobrirás; pois ela é parenta de tua mãe.
14 A nudez do irmão de teu pai não descobrirás; não te chegarás à sua mulher; ela é tua tia.
15 A nudez de tua nora não descobrirás: ela é mulher de teu filho; não descobrirás a sua nudez.
16 A nudez da mulher de teu irmão não descobrirás; é a nudez de teu irmão.
17 A nudez de uma mulher e de sua filha não descobrirás; não tomarás a filha de seu filho, nem a filha de sua filha, para descobrir a sua nudez; parentas são; maldade é.
18 E não tomarás uma mulher juntamente com sua irmã, para fazê-la sua rival, descobrindo a sua nudez diante dela em sua vida.
19 E não chegarás à mulher durante a separação da sua imundícia, para descobrir a sua nudez,
20 Nem te deitarás com a mulher de teu próximo para cópula, para te contaminares com ela.
21 E da tua descendência não darás nenhum para fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o Senhor.
22 Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
23 Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.
24 Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós.
25 Por isso a terra está contaminada; e eu visito a sua iniqüidade, e a terra vomita os seus moradores.
26 Porém vós guardareis os meus estatutos e os meus juízos, e nenhuma destas abominações fareis, nem o natural, nem o estrangeiro que peregrina entre vós;
27 Porque todas estas abominações fizeram os homens desta terra, que nela estavam antes de vós; e a terra foi contaminada.
28 Para que a terra não vos vomite, havendo-a contaminado, como vomitou a nação que nela estava antes de vós.
29 Porém, qualquer que fizer alguma destas abominações, sim, aqueles que as fizerem serão extirpados do seu povo.
30 Portanto guardareis o meu mandamento, não fazendo nenhuma das práticas abomináveis que se fizeram antes de vós, e não vos contamineis com elas. Eu sou o Senhor vosso Deus.

[Live] 9º Encontro de Aulas para o Enem - Geografia e de Biologia

[Live] Aulas Invertidas e Formação Mão na Massa

[Live] Avaliação da Aprendizagem e Curadoria na Educação 4.0

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Concurso de Crimes: Concurso formal perfeito ou próprio.

A Guerra Civil Espanhola (1936-1939) - Continuação

A Guerra Civil Espanhola (1936-1939)


1937: Bombardeio de Guernica | Fatos que marcaram o dia | DW ...Economicamente, a guerra civil deixou a Espanha em uma situação catastrófica. A renda per capita só recuperaria os níveis de 1936 em meados da década de 1950. A malha industrial espanhola foi destruída, e o país voltou à condição de economia eminentemente agrária. A infraestrutura foi muito danificada, a Espanha gastou todas as suas reservas e a dívida externa cresceu.

Com o fim da guerra, o governo de Franco instaurou uma ditadura de direita, simpática aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Esse regime se manteria até a morte de Franco, em 1975, quando então a monarquia seria restabelecida, e o país iniciaria um processo de redemocratização.






No que concerne às relações internacionais, a Guerra Civil Espanhola foi um conflito que repercutiu muito além da Península Ibérica: com a participação das Potências – Alemanha e Itália apoiando Franco e URSS auxiliando os republicanos – e dos grupos de voluntários de diversas nacionalidades, o conflito adquiriu um caráter internacional e extremamente ideológico.





Também sobre o Entre-Guerras, assista ao filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin, um clássico que ilustra o impacto da Segunda Revolução Industrial sobre a vida humana. Trata-se do último filme mudo de Chaplin, que focaliza a vida urbana nos Estados Unidos nos anos 30, imediatamente após a crise de 1929, quando a depressão econômica atingiu toda a sociedade norte-americana, levando grande parte da população ao desemprego e à fome. Leia a sinopse do filme!

Guerra do Paraguay

Guerra do Paraguay








Alienação Fiduciária #01 - Empresarial

terça-feira, 25 de agosto de 2020

[Live] Aulas Invertidas e Formação Mão na Massa

[Live] Aulas Invertidas e Formação Mão na Massa

Direito Penal - Art 16 CP - Arrependimento Posterior #01

Direito Penal - Art 13, § 2º, CP - Relevância da omissão (Áudio Melhorado)

Direito Penal - Art 13, § 1º, CP - Superveniência de causa independente

Direito Penal - Art 8 CP - Pena cumprida no estrangeiro

Direito Penal - Art 6 CP - Lugar do Crime

Direito Penal - Art 3 CP - Sucessão de Leis Temporárias ou Excepcionais ...

Direito Penal - Art 3 CP - Sucessão de Leis Temporárias ou Excepcionais ...

Direito Penal - Art 2º CP - Lei penal no tempo (Áudio Melhorado)

Código Penal - Parte Geral x Parte Especial (Áudio Melhorado)

Direito Penal - Classificação de Crimes #02

Direito Penal - Classificação de Crimes #01

LIÇÃO 09-COMO VENCER AS OPOSIÇÕES À OBRA DE DEUS

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

LEANDRO KARNAL • Quem pensa pouco erra muito

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) - Continuação

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) - Continuação


A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)



 A Queda da França (cont.)
O Marechal Philippe Pétain... - Hoje na Segunda Guerra Mundial ...Em 22 de junho de 1940, a França capitulou e passou a ser o único país vencido a concluir um armistício. Bélgica e Holanda optaram pela rendição militar, e seus governos foram transferidos para Londres. Um governo francês pró-alemão se estabeleceu na cidade de Vichy, para onde fugira o parlamento. Marechal Pétain, herói da I Guerra Mundial, tornou-se o governante da França ocupada.


 Essas primeiras vitórias do Eixo e dos soviéticos no início da II Guerra Mundial podem ser vistas no Mapa 24 (em verde, as conquistas alemãs nos anos de 1939 a 1941; em amarelo, o que restou da França – a França de Vichy).


Mapa 24: A Primeira Fase da II Guerra Mundial 
As Vitórias Alemãs e Soviéticas na Europa

A batalha da Grã-Bretanha (Operação Leão-do-Mar) iniciou-se em 13 de outubro de 1940. A Luftwaffe iniciou os bombardeiros sobre Londres. Todavia, foi testemunhada, naquelas semanas, uma das maiores ondas patrióticas da história britânica, que, somada ao “espírito de Dunquerque”, fez com que Hitler, ao final do mês, encerrasse a batalha para poupar aeronaves para o seu principal objetivo: a destruição da URSS. É importante observar que o general Charles De Gaulle e parte da elite moderada francesa migraram para Londres, onde estabeleceram o governo francês no exílio, ou “França Livre”.




Fontes de referência, pesquisa e estudos:


REM - Everybody Hurts Legendado Tradução(Pessoas com Depressão)

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Entenda o que foi a Guerra das Correntes

Entenda o que foi a Guerra das Correntes:













Fontes de referência, pesquisa e estudos:


A Primeira Anestesia

A Primeira Anestesia










[Live] 8º Encontro de Aulas para o Enem - Química e Física

[Live] Ensino Híbrido e Reflexões Metodológicas

[Live] Ciência, Avaliação e Acompanhamento da Aprendizagem

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Cristãos Perseguidos - Perseguição Religiosa

Cristãos Perseguidos - Perseguição Religiosa












Perseguição: qualquer hostilidade experimentada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo. Isso pode incluir atitudes hostis, palavras e ações contra cristãos
A cada ano,a perseguição aos cristãos se intensifica no âmbito global. O número de cristãos com medo de ir à igreja ou que já não têm uma igreja aonde ir tem aumentado, bem como daqueles que têm de escolher entre permanecer fiel a Deus ou manter seus filhos seguros. Ou das vítimas da violência extrema que perdem familiares, casa, bens e liberdade por compartilhar a mesma crença de muitos aqui no Brasil: a fé em Jesus Cristo.
Em sua compreensão clássica, a perseguição religiosa é realizada ou respaldada pelo Estado. A realidade, porém, mostra que isso não é geralmente o que acontece. Nos dias de hoje,o papel de agentes não estatais é cada vez mais visível – um exemplo disso são os grupos extremistas, tais como Estado Islâmico, Boko Haram e Al-Shabaab.
Outros atores sociais também podem ser mencionados: agentes da sociedade civil, líderes de grupos étnicos, líderes religiosos não cristãos, líderes eclesiásticos, movimentos radicais, cidadãos comuns formando motins, os próprios familiares, partidos políticos, revolucionários, grupos paramilitares, cartéis ou redes de crime organizado ou organizações multilaterais.
Não há uma definição universalmente aceita acerca da perseguição. Cortes, legisladores e estudiosos abordaram o conceito sob diferentes perspectivas. A Convenção das Nações Unidas sobre o Estatuto dos Refugiados, adotada em 1951, não define a perseguição. Entretanto, alguns tentaram estabelecer um padrão elevado para determinar se uma situação pode ser tida como perseguição ou não, como o 3º Circuito da Corte de Apelos dos Estados Unidos e a Comissão Preparatória para a Corte Criminal Internacional.
Lista Mundial da Perseguição, relatório anual que respalda o trabalho da Portas Abertas, no entanto,define perseguição religiosa como “qualquer hostilidade experimentada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo. Isso pode incluir atitudes hostis, palavras e ações contra cristãos”.
O motivo de a jurisdição internacional colocar um padrão tão elevado é clara: se o nível não for alto, isso pode levar a uma situação em que a comunidade internacional tem de enfrentar sérios desafios em prover proteção a muitas pessoas que reivindicam a condição de “perseguição”. Esse medo da comunidade internacional tem o lado negativo de subestimar a variada dimensão da perseguição, especialmente a contínua pressão que cristãos (e outras minorias) enfrentam em suas diferentes esferas da vida.
metodologia da Lista Mundial da Perseguição tem a intenção de rastrear, documentar, analisar e divulgar esses desafios que cristãos enfrentam em suas vidas diárias.
Essa perseguição, segundo Finke e Grim¹, segue um ciclo de evolução, em que grupos sociais e governo estão continuamente fortalecendo um ao outro contra as minorias religiosas. O ciclo em geral se origina com um grupo social específico em um país que representa uma religião ou ideologia na tentativa de manipular o governo. A partir daí, a perseguição começa a se enraizar e desenvolver.
Segundo a Lista Mundial da Perseguição,os seis estágios da maior parte das fontes de perseguição são:
1. Um grupo social pequeno que representa uma religião ou ideologia específicas espalha suas ideias às custas de outro(s) grupo(s). Muitas vezes, um vácuo social ou político apresenta um excelente terreno fértil para tais ideias.
2. Movimentos fanáticos crescem a partir desse grupo inicial ou se reúnem em torno dele para exercer pressão sobre a sociedade e o governo por meio de estratégias de mídia e/ou de ataques físicos a membros de outros grupos.
3. A violência perturba a sociedade, mas os governos e as forças de segurança deixam movimentos fanáticos impunes enquanto culpa outros grupos por serem a causa da agitação social simplesmente por existir.
4. Ação de movimentos radicais é reforçada e atrai mais e mais adeptos. Isso resulta em uma maior pressão sobre o governo para que colabore com sua agenda e também a mais pressão e/ou violência contra outros grupos. Por vezes, cidadãos se unirão por medo, em vez de por convicção.
5. Por fim, sociedade e governo pressionam membros de outros grupos até o ponto de quase sufocá-los. Isso se estende a todas as esferas da vida e da sociedade.
6. O ambiente cultural todo é tomado pela agenda do grupo social altamente “encarregado” que representa uma religião ou ideologia específica (ponto 1), e a visão de mundo que está intrisecamente ligada a essa agenda torna-se a principal fonte cultural.
O intervalo de tempo em que as fontesde perseguição levam a se desenvolver dos estágios 1 a 6 pode variar dependendo do contexto do país e do tipo de perseguição. Esse processo também pode ser contínuo ou descontínuo, claramente visível ou menos visível, como mostra a história da perseguição.

¹GRIM, Brian J.; FINKE, Roger. The Price of Freedom Denied: Religious Persecution and Conflict in the Twenty-First Century. Cambridge University Press, 2010, p. 68. O preço da liberdade negada: perseguição religiosa e conflito no século 21, em tradução livre.

My Instagram

Classificação da Perseguição Religiosa 2020

Classificação da Perseguição Religiosa 2020
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2020.

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!

Mundo Curioso...