Mensagens de Bom Dia com Deus - Good morning messages with God - ¡Mensajes de buenos días con Dios

Bom Dia com Deus

Canal Luisa Criativa

Escola Bíblica

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

A Aliança das Obras

 

A Aliança das Obras


 

Gênesis 2.17; Romanos 3.20-26; Romanos 10.5-13; Gálatas 3.10-14; Romanos 3.23 

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás." (Gênesis 2.17) 

Quando Adão e Eva foram criados, entraram num relacionamento moral com Deus, seu Criador. Tinham a responsabilidade de obedecê-lo, sem nenhum direito inerente a recompensa ou bênção por tal obediência. Deus, entretanto, em seu amor, misericórdia e graça, voluntariamente entrou numa aliança com suas criaturas pela qual adicionou à sua lei uma promessa de bênção. 

Não se tratava de uma aliança entre partes iguais, mas de uma aliança que descansava sobre iniciativa de Deus e sua autoridade divina. A aliança original entre Deus e a humanidade foi uma aliança de obras. Nesta aliança, Deus exigiu obediência perfeita e total ao Seu governo. 

Prometeu vida eterna como bênção pela obediência, mas ameaçou a humanidade com a morte, caso desobedecessem sua lei. Todos os seres humanos, de Adão até nós, no tempo presente, inevitavelmente somos membros dessa aliança. As pessoas podem recusar-se a obedecer ou até mesmo recusar-se a reconhecer a existência de tal aliança, mas nunca poderão escapar dela. 

Todo ser humanos se acha em relacionamento de aliança com Deus, seja como violador da aliança ou como guardador da aliança. A aliança das obras é a base da nossa necessidade de redenção (porque nós a violamos) e nossa esperança de redenção (porque Cristo cumpriu seus termos por nós). 

Um único pecado já é suficiente para violar a aliança das obras e nos tornar devedores que não podem pagar a própria dívida para com Deus. O fato de que ainda tenhamos esperança de redenção, mesmo depois de pecar, ainda que seja um único pecado, é devido à graça de Deus e somente à graça de Deus.

As recompensas que recebemos de Deus no céu também são atos de graça. Representam Deus corando seus próprios dons de graça. Se Adão tivesse obedecido a aliança divina das obras, ele teria alcançado o mérito que procede da virtude de cumprir os requisitos da aliança com Deus. Adão caiu em pecado e por isso Deus, em sua misericórdia, acrescentou uma nova aliança com base na graça pela qual a salvação tornou-se possível e disponível. Somente um ser humano conseguiu guardar a aliança das obras. 

Essa pessoa foi Jesus. Sua ação, como segundo ou novo Adão, satisfez todos os termos da nossa aliança original com Deus. Seu mérito em alcançar isso está disponível a quem puser sua confiança nele. Jesus Cristo é a primeira pessoa a entrar no céu por Suas boas obras. Nós também entramos no céu pelas boas obras - as boas obras de Jesus Cristo. Elas se tornam "nossas" boas obras quando nós recebemos Cristo pela fé. 

Quando depositamos nossa fé em Cristo, Deus credita as boas obras Dele em nossa conta. A aliança da graça cumpre a aliança das obras porque Deus graciosamente aplica o mérito de Cristo em nossa conta. Desta maneira, pela graça satisfazemos os termos estabelecidos na aliança das obras.

 

Sumário

1. Deus entrou numa aliança de obras com Adão e Eva.

2. Todo ser humanos está inevitavelmente envolvido na aliança divina das obras.

3. Todo ser humano é violador da aliança das obras.

4. Jesus Cristo cumpriu a aliança das obras.

5. A aliança da graça nos proporciona os méritos de Cristo, pelos quais os termos da aliança das obras são satisfeitos.


O design emocional como processo de construção de uma trilha de aprendizagem


O design emocional como processo de construção de uma trilha de aprendizagem









6º Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro - 22/10


6º Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro - 22/10







quinta-feira, 21 de outubro de 2021

6º Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro - 21/10 (áudio em inglês/english audio)

6º Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro - 21/10 (áudio em inglês/english audio)






Gênesis Capitulo 24

Gênesis Capitulo 24

Resultado de imagem para genesis capitulo 36"




CAPÍTULO 24


Abraão ordena que Isaque não se case com uma mulher cananeia — O Senhor guia o servo de Abraão na escolha de Rebeca para mulher de Isaque — Rebeca é abençoada para se tornar a mãe de milhares de milhares — Ela se casa com Isaque.


E era Abraão já velho e adiantado em idade, e o Senhor havia aabençoado Abraão em tudo.

E disse Abraão ao seu aservo, o mais velho da casa, que tinha governo sobre tudo o que possuía: Põe agora a tua mão debaixo da minha bcoxa,

Para que eu te faça ajurar pelo Senhor, Deus dos céus e Deus da terra, que bnão tomarás para meu filho cmulher das filhas dos dcananeus, no meio dos quais eu habito,

Mas que irás à minha aterra e à minha bparentela, e dali tomarás mulher para meu filho Isaque.

E disse-lhe o servo: Se porventura não quiser seguir-me a mulher a esta terra, farei, pois, retornar o teu filho à terra de onde saíste?

E Abraão lhe disse: Guarda-te que não faças para lá retornar o meu filho.

Senhor Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela, e que me falou, e que me jurou, dizendo: À tua semente darei esta aterra; ele enviará o seu anjo adiante da tua face, para que tomes mulher de lá para meu filho.

Se a mulher, porém, não quiser seguir-te, serás livre desse meu juramento; somente não faças para lá retornar meu filho.

Então pôs o servo a sua mão debaixo da acoxa de seu senhor Abraão, e jurou-lhe sobre esse assunto.

10 E o servo tomou dez camelos, dos camelos do seu senhor, e partiu, pois que todos os bens de seu senhor estavam em sua mão, e levantou-se e partiu para a aMesopotâmia, para a cidade de bNaor,

11 E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, à tarde, na hora que as moças saíam a tirar água.

12 E disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão! Dá-me hoje bom encontro, e faze benevolência ao meu senhor Abraão!

13 Eis que eu estou em pé junto à fonte de água, e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água;

14 Seja, pois, que a donzela a quem eu disser: Abaixa agora o teu cântaro para que eu beba; e ela disser: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; esta seja aaquela que designaste ao teu servo Isaque, e que eu saiba com isso que mostraste benevolência a meu senhor.

15 E sucedeu que, antes que ele acabasse de falar, eis que aRebeca, que havia nascido a bBetuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmão de Abraão, saía com o seu cântaro sobre o seu ombro.

16 E a donzela era muito aformosa à vista, virgem, a quem homem não havia bconhecido; e desceu à fonte, e encheu o seu cântaro, e subiu.

17 Então o servo correu-lhe ao encontro, e disse: Ora, deixa-me beber um pouco de água do teu cântaro.

18 E ela disse: Bebe, meu senhor. E apressou-se, e abaixou o seu cântaro sobre a sua mão, e deu-lhe de beber.

19 E acabando ela de lhe dar de beber, disse: Tirarei também água para os teus camelos, até que acabem de beber.

20 E apressou-se, e esvaziou o seu cântaro no bebedouro, e correu outra vez ao poço para tirar água, e tirou para todos os seus camelos.

21 E o homem estava admirado de vê-la, calando-se, para saber se o Senhor havia feito aprosperar a sua jornada, ou não.

22 E aconteceu que, acabando os camelos de beber, tomou o homem um apendente de ouro de meio bsiclo de peso, e duas pulseiras para as suas mãos, do peso de dez siclos de ouro.

23 E disse: De quem és filha? Faze-me saber, peço-te; há também na casa de teu pai lugar para nós pousarmos?

24 E ela lhe disse: Eu sou a filha de Betuel, filho de Milca, o qual ela deu a Naor.

25 Disse-lhe mais: Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite.

26 Então ainclinou-se aquele homem, e adorou ao Senhor,

27 E disse: Bendito seja o aSenhor Deus de meu senhor Abraão, que não retirou a sua bbenevolência e a sua verdade de meu senhor; quanto a mim, o Senhor me cguiou no caminho à casa dos irmãos de meu senhor.

28 E a donzela correu, e fez saber essas coisas na casa de sua mãe.

29 E Rebeca tinha um irmão, cujo nome era Labão; e aLabão correu ao encontro daquele homem, à fonte.

30 E aconteceu que, quando ele viu o pendente, e as pulseiras sobre as mãos de sua irmã, e quando ouviu as palavras de sua irmã Rebeca, que dizia: Assim me falou aquele homem; foi ao homem, e eis que estava em pé junto aos camelos, à fonte.

31 E disse: Entra, bendito do Senhor; por que estás fora? Pois eu já preparei a casa, e o lugar para os camelos.

32 Então foi aquele homem à casa, e desataram os camelos, e deram palha e pasto aos camelos, e água para lavar os pés dele e os pés dos homens que estavam com ele.

33 Depois puseram comida diante dele; ele, porém, disse: Não comerei, até que tenha dito as minhas palavras. E ele disse: Fala.

34 Então disse: Eu sou o servo de Abraão.

35 E o Senhor aabençoou muito o meu senhor, de maneira que foi engrandecido, e deu-lhe ovelhas e vacas, e prata e ouro, e servos e servas, e camelos e jumentos.

36 E Sara, a mulher do meu senhor, deu à luz um afilho a meu senhor depois da sua velhice, e ele bdeu-lhe tudo quanto tem.

37 E meu senhor me fez ajurar, dizendo: Não tomarás mulher para meu filho das filhas dos cananeus, em cuja terra habito;

38 aIrás, porém, à casa de meu pai, e à minha família, e tomarás mulher para meu filho.

39 Então disse eu ao meu senhor: aTalvez não me seguirá a mulher.

40 ele me disse: O Senhor, em cuja presença tenho aandado, enviará o seu anjo contigo, e fará prosperar o teu caminho, para que tomes mulher para meu filho da minha família e da casa de meu pai;

41 Então estarás livre do meu juramento, quando fores à minha família; e se não ta derem, livre estarás do meu juramento.

42 E hoje cheguei à fonte, e disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, se tu agora fazes prosperar o meu caminho, no qual eu ando,

43 Eis que estou junto à fonte de água; seja, pois, que a donzela que sair para tirar água e à qual eu disser: Ora, dá-me um pouco de água do teu cântaro;

44 E ela me disser: Bebe tu, e também tirarei água para os teus camelos; esta seja a mulher que o Senhor designou ao filho de meu senhor.

45 E antes que eu acabasse de falar no meu coração, eis que Rebeca saiu com o seu cântaro sobre o seu ombro, e desceu à fonte, e tirou água; e eu lhe disse: Peço-te, dá-me de beber.

46 E ela se apressou, e abaixou o seu cântaro de sobre si, e disse: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; e bebi, e ela deu também de beber aos camelos.

47 Então lhe perguntei, e disse: De quem és filha? E ela disse: Filha de Betuel, filho de Naor, que lhe deu Milca. Então eu pus o apendente no seu rosto, e as pulseiras sobre as suas mãos;

48 ainclinando-me adorei ao Senhor, e bendisse ao Senhor, Deus do meu senhor Abraão, que me havia encaminhado pelo caminho correto, para tomar a filha do irmão de meu senhor para seu filho.

49 Agora, pois, se vós haveis de agir com benevolência e verdade para com o meu senhor, fazei-mo saber; e se não, também mo fazei saber, para que eu vá para a direita, ou para a esquerda.

50 Então responderam Labão e Betuel, e disseram: Do Senhor procedeu esse assunto; não podemos falar-te mal ou bem.

51 Eis que Rebeca está diante da tua face; toma-a, e vai-te; seja ela a mulher do filho de teu senhor, como disse o Senhor.

52 E aconteceu que o servo de Abraão, ouvindo as suas palavras, inclinou-se à terra diante do Senhor,

53 E tirou o servo objetos de prata, e objetos de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmão e à sua mãe.

54 Então comeram e beberam, ele e os homens que com ele estavam, e passaram a noite. E levantaram-se pela manhã, e disse: Deixai-me ir a meu senhor.

55 Então disseram seu irmão e sua mãe: Fique a donzela conosco alguns dias, ou pelo menos dez dias, depois irá.

56 Ele, porém, lhes disse: Não me detenhais, pois o Senhor fez aprosperar o meu caminho; deixai-me partir, para que eu volte a meu senhor.

57 E disseram: Chamemos a donzela, e perguntemos a ela.

58 E chamaram Rebeca, e disseram-lhe: Irás tu com este homem? E ela respondeu: aIrei.

59 Então despediram sua irmã Rebeca, e sua aama, e o servo de Abraão, e seus homens.

60 E abençoaram Rebeca, e disseram-lhe: Ó nossa irmã, sê tu amãe de milhares de milhares, e que a tua semente possua a porta de seus binimigos!

61 E Rebeca se levantou com as suas moças, e subiram nos camelos, e seguiram o homem; e aquele servo tomou Rebeca, e partiu.

62 Ora, Isaque vinha de onde se vem do apoço de Beer-Laai-Rói; porque habitava na terra do sul.

63 E Isaque saíra a aorar no campo, à tarde; e levantou os seus olhos, e olhou, e eis que os camelos vinham.

64 Rebeca também levantou seus olhos, e viu Isaque, e alançou-se do camelo.

65 E disse ao servo: Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro? E o servo disse: Este é meu senhor. Então tomou ela o véu, e cobriu-se.

66 E o servo contou a Isaque todas as coisas que fizera.

67 E Isaque levou-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou Rebeca, e ela foi-lhe por mulher, e ele a amou. Assim, Isaque foi aconsolado depois da bmorte de sua mãe.


My Instagram

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!