Sociedade Bíblica do Brasil

Canal Luisa Criativa

 
Unidos por Jesus Cristo! Como Irmãos!
Grupo Público · 2.614 membros
Participar do grupo
Grupo de pessoas comuns e que temem à Deus... Atenção! Você meu querido amigo ou amiga que faz parte e é membro desse grupo, sinta-se a vontade para p...
 

sábado, 2 de maio de 2020

A Guerra Civil Espanhola (1936-1939)

A Guerra Civil Espanhola (1936-1939)


Episódio marcante do Entre-Guerras foi a Guerra Civil Espanhola (1936-1939). O conflito foi caracterizado pelo confronto entre as grandes correntes ideológicas da época e nele lutaram voluntários de diversas partes do mundo, inclusive do Brasil.

Guerra Civil Espanhola (1936-1939) | Museu de ImagensApós a queda da ditadura de Primo de Rivera, em 1930, o rei da Espanha Afonso XII tentou restabelecer um governo constitucional. Entretanto, as eleições de 1931 acabaram com as pretensões monarquistas: o rei foi exilado e a República proclamada. Apesar das resistências, a República espanhola mostrou-se democrática e, em 1936, ganhou as eleições a Frente Popular, composta por anarquistas, comunistas, socialistas e radicais. O novo governo apoiou as reivindicações dos movimentos operários e camponeses, e os trabalhadores começaram a ocupar as fábricas e a invadir terras.

O assassinato do líder monarquista Calvo Sotelo por forças anarquistas, em 13 de julho de 1936, serviu de justificativa para o levante militar liderado pelo general Francisco Franco, a partir do Marrocos espanhol. Para fazer frente à revolta do Exército, o governo republicano recorreu a milícias, armando os populares. Em dois meses, as tropas de Franco já dominavam metade do território espanhol. Entretanto, a guerra se prolongaria por três anos, constituindo-se em um confronto sangrento e generalizado.
Enquanto os nacionalistas, liderados por Franco, tinham apoio de setores conservadores, como o Exército e parte do clero católico, e das províncias ocidentais do país, os republicanos contavam com a Força Aérea e a Marinha, com os trabalhadores, a pequena burguesia radical e parte do campesinato. Contavam os republicanos também com as regiões industriais que ocupavam o triângulo Madri-Valência-Barcelona. Bascos e catalães apoiavam a República.

Em 1938, os franquistas conseguiram isolar a Catalunha de Madri. Barcelona capitulou em janeiro de 1939 e Madri em março do mesmo ano. Em 1º de abril de 1939, acabou a sangrenta guerra que dividira a Espanha, deixara cerca de 500.000 mortos e 450.000 exilados. Estabeleceu-se um governo de índole fascista, liderado por Franco, e que perduraria por quase quatro décadas.




Fonte de referência, pesquisa e estudos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para a atualização e manutenção deste Blog. Que Deus abençoe e multiplique as suas bençãos!

My Instagram

Classificação da Perseguição Religiosa 2020

Classificação da Perseguição Religiosa 2020
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2020.

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!

Mundo Curioso...