Sociedade Bíblica do Brasil

Escola Bíblica Discipuladora - 4º Trimestre 2018 - Lição Nr 03

Canal Luisa Criativa

domingo, 23 de setembro de 2018

GRAMÁTICA

GRAMÁTICA
Existem diferentes tipos de gramáticas, entre elas a normativa, descritiva, histórica e comparativaA Gramática é um ramo da linguística fundamental para o estudo da língua e de seus diversos fenômenos.

Você sabe o que é e para que serve a Gramática?
Conforme definição do Dicionário Aurélio, gramática é o estudo ou tratado dos fatos da linguagem, falada e escrita, e das leis naturais que a regulam. Além de apresentar regras, a gramática também exerce a função de analisar as estruturas que o falante de uma língua tem programado em sua memória e que lhe permitem usar sua língua. Além disso, a gramática também tem por função descrever o sistema de um idioma.
Por ser um tratado que apresenta as normas reguladoras do idioma, muitas pessoas têm uma visão equivocada sobre a função da gramática. Embora ela determine as condições de uso da língua, sobretudo o uso na modalidade escrita, a gramática não é uma disciplina que procura estabelecer o “certo” e o “errado” nas práticas discursivas, pois tal visão apenas abarcaria a análise da norma culta da língua. É fundamental considerarmos que a língua não é apenas um amontoado de regras que devem ser seguidas à risca pelos falantes, indivíduos formados por idiossincrasias que não permitem qualquer tipo de padronização comportamental.
Sabemos que a língua é um elemento dinâmico, uma importante ferramenta para a comunicação que deve estar sempre à disposição dos falantes e, por esse motivo, desconsiderar as inúmeras variações linguísticas apenas corroboraria para o preconceito linguístico, comportamento que exclui a importância dos fatores sociais e culturais para a formação de uma língua. Tendo em vista essas questões, conheça agora as peculiaridades que compõem os diferentes tipos de gramática:
Gramática normativa: estabelece as normas do falar e escrever corretamente. Apenas considera a língua exemplar, isto é, a forma eleita entre as várias formas de falar que constituem a língua histórica;
Gramática descritiva: ocupa-se da descrição dos fatos da língua, enfatizando as variações linguísticas, e não apenas estabelecer o que é certo ou errado;
Gramática histórica: tem como objetivo estudar a origem e a evolução histórica de uma língua. São os estudos diacrônicos da língua;
Gramática comparativa: tem como objetivo estabelecer correspondências entre diferentes línguas para assim estabelecer suas relações de parentesco.
Nos textos dispostos mais abaixo, você encontrará vários artigos que contemplam as diferentes abordagens sobre a gramática, ramo da linguística que é imprescindível para o estudo da língua. Boa leitura e bons estudos!
Fonte de referência, estudos e pesquisa: http://brasilescola.uol.com.br/gramatica/#


Curta, comente e compartilhe este artigo, a sua participação é de extrema importância para o desenvolvimento deste site.

Classificação da Perseguição Religiosa 2018!

Classificação da Perseguição Religiosa 2018!
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2018.

Noticias Gospel Mais...

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!