Semeando Jesus

Mensagens de Bom Dia com Deus - Good morning messages with God - ¡Mensajes de buenos días con Dios

Bom Dia com Deus

Loja Virtual Magazine Luiza - Compre Online e Receba no Conforto do seu Lar!

Magazinenalanterna

Canal Luisa Criativa

Escola Bíblica

terça-feira, 16 de novembro de 2021

Os seres Humanos como Carne e Espírito

 

Os seres Humanos como Carne e Espírito



 

Mateus 26.36-41; João 3.6; Romanos 7.13-8.17; Efésios 2.1-3; 1 Pedro 2.11

 

Existe muita confusão na igreja moderna quanto ao significado bíblico da carne e espírito. Por um lado, a igreja ainda luta com a idéia grega de que qualquer coisa física deve ser má em algum grau. Alguns supõem, portanto, que a vida cristã é algo inteiramente espiritual, que não tem nada a ver com nossa existência física. Alguns se apóiam nessa idéia para alegar que todas as nossas funções corporais são necessariamente más, inclusive comer, beber e ter relações sexuais. Outros, crendo que o corpo não importa, se enganam pensando que não importa como usem seus corpos, desde que a alma esteja sadia. Ambas as posições refletem uma séria distorção do ensino bíblico de carne e espírito são igualmente importantes e precisam ser alimentados e cuidados apropriadamente.

Um segundo problema surge quando se faz uma distinção muito séria entre cristão "carnal" e cristão "cheio do Espírito Santo". Aqui se consideram três tipos de pessoas: (1) os não-cristãos carnais, (2) os cristãos carnais e (3) os cristãos cheios do Espírito Santo. Se pensamos num cristã carnal como alguém totalmente desprovido do Espírito Santo, entregue a um estilo de vida totalmente carnal, não estamos falando de um cristão carnal, mas sim de alguém que nem chega a ser cristão. Uma pessoa pode confessar ser cristã e ainda ser totalmente carnal, tornando sua confissão uma mentira. Um cristão totalmente carnal é contradição de termos.

Todo cristão é cheio do Espírito. Esse "cheio" do Espírito” pode ser num grau maior ou menor, pois os cristãos variam uns dos outros em termos de submissão ao Espírito Santo.

O Espírito, porém, habita em todos os cristãos. O apóstolo Paulo fala de a batalha ou conflito que o crente experimenta ente a carne e o espírito. Ao falar assim, Paulo não está ensinando um dualismo ou uma desarmonia inerente entre corpo e a alma. O conflito que ele descreve não é algo que possa ser reduzido a uma luta entre os desejos ou apetites físicos e a virtude espiritual. O conflito é muito mais profundo que isso. A Palavra carne (grego: sarx) às vezes é usada no Novo Testamento praticamente como um sinônimo virtual de corpo (grego: soma). Entretanto, quando essa palavra é usada num claro contraste com espírito (grego: pneuma), na maioria das vezes refere-se a algo mais do que um corpo físico. Neste caso, carne geralmente refere-se à natureza corrupta dos seres humanos caídos. Quando somos regenerados pelo Espírito Santo e nos tornamos novas criaturas em Cristo, o poder de nossa natureza caída (carne) é subjugado, mas não destruído. Devido ao fato de que a santificação é um processo que leva toda a vida, os cristãos estão engajados diariamente numa batalha com sua velha natureza, enquanto buscam crescer no Espírito e na graça.  A velha natureza morre diariamente quando a nova criatura em Cristo é fortalecida pela habitação do Espírito Santo. O Espírito, que nos é dado como uma garantia e por quem somos selados, por fim prevalecerá nessa batalha. No ínterim, porém, a luta pode ser bem intensa. Os cristãos continuam a lutar contra o pecado e a tentação.  A conversão nos liberta do controle total da carne, mas não nos torna perfeitos. A luta entre a velha natureza (a carne) e o Espírito continua até nossa morte. Depois da morte somos glorificados: a carne é completamente morta e a nova pessoa é totalmente purificada.

 

Sumário

1. A Bíblia Sagrada rejeita a idéia grega de que o corpo é intrinsecamente mau.

2. Os cristãos não devem desprezar e nem exaltar o corpo. O corpo e a alma precisam de santificação.

3. Nenhum cristão é completamente carnal ou completamente isento de carnalidade.

4. Todo cristão tem o Espírito Santo habitando nele.

5. A guerra entre a carne e o espírito não é um conflito entre o corpo e a alma, mas um conflito entre a nossa natureza caída (a velha natureza) e nossa natureza regenerada (a nova natureza).

6. A luta entre a carne e o Espírito continua durante toda a vida do cristão, até sua glorificação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para a atualização e manutenção deste Blog. Que Deus multiplique as suas bençãos!

My Instagram

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!