Sociedade Bíblica do Brasil

Escola Biblica - 3º Trimestre 2019

Canal Luisa Criativa

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Daniel 3:25 o quarto homem na fornalha seria um anjo ou o próprio Jesus Cristo?

Daniel 3:25 o quarto homem na fornalha seria um anjo ou o próprio Jesus Cristo?


A historia dos três jovens lançados na fornalha  que se encontra no livro de Daniel afirma no versículo 25 que eles foram livrados da morte por um ser que muitos afirmam ser um anjo,entre os eruditos que creem que o quarto ser na fornalha era um anjo esta Calvino séc. 16 e Adam Clark séc. 19 vejamos um que eles dizem:

Calvino comentado Daniel 3:25 diz:
"o filho de um deus. Sem dúvida, Deus aqui enviou um dos seus anjos, para apoiar por sua presença as mentes de seus santos, para que não se desmascarem. . . . Um único anjo foi enviado a esses três homens; Nabucodonosor o chama de filho de Deus; não porque ele pensou que ele era Cristo, mas de acordo com a opinião comum entre todos os homens, que os anjos são filhos de Deus, uma vez que uma certa divindade resplandece neles; e, portanto, eles chamam anjos geralmente filhos de Deus. De acordo com este costume costumeiro, diz Nabucodonosor, o quarto homem é como um filho de um deus. Pois ele não podia reconhecer o Filho unigênito de Deus, pois, como já vimos, ele foi cegado por tantos erros depravados ".

Adam Clark afirma:
"Uma tradução muito imprópria. Que ideia poderia ter esse rei idólatra do Senhor Jesus Cristo? Por isso, o lugar é compreendido por milhares. Bar-Elahin significa um filho dos deuses, isto é, uma pessoa divina ou um anjo; e assim o rei o chama em verdade. 28: "Deus enviou o seu anjo e entregou seus servos". E, mesmo assim, ainda afirmaram que era o anjo da aliança, mas o rei da Babilônia conhecia tanto quanto ele do outro. Nenhum outro ministério era necessário; um único anjo do céu era bastante suficiente para responder o propósito, como aquele que parou a boca dos leões quando Daniel foi lançado na sua guarida ".

Temos também atualmente muitos eruditos que também creem como eles, como por exemplo F.F Bruce professor, escritor e erudito da Bíblia.
F.F Bruce afirma:
“Provavelmente não se deve ver aqui um a aparição pré-encarnada de Cristo; o N T não faz essa tentativa de identificação”

 mas também existem quem discorde disso afirmando que se trata de uma teofania  que pode ser definida como manifestações do Cristo antes de sua encarnação. Uma exegese do versículo realmente confirma que na verdade trata-se de uma teofania e que o quarto homem na fornalha era o próprio Cristo .
Primeiramente vamos ver como esse versículo aparece em algumas traduções da Bíblia:
“Tornou ele e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante a um filho dos deuses.” Daniel 3:25 ARA
“Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus.”   Daniel 3:25 ACF
Como podemos perceber à duas formas de tradução , são elas “filho dos deuses” e “Filho de Deus”, .
As versões que seguem a tradução “filho dos deuses”  são:
ARA,NVI, VERSÃO CATOLICA  e outras , a Nova tradução vai trazer a palavra “anjo”  .
As versões que seguem a tradução “Filho de Deus” como referencia a teofania são:
ACF,KJV,NKJV
A tradução correta é “Filho de Deus” pois uma analise no texto de Daniel 3:25 esclarece a questão, o texto de Daniel 3:25 foi escrito em aramaico vejamos o texto na Bíblia hebraica stuttgartensia:
עָנֵ֣ה וְאָמַ֗ר הָֽא־אֲנָ֨ה חָזֵ֜ה גֻּבְרִ֣ין אַרְבְּעָ֗ה שְׁרַ֙יִן֙ מַהְלְכִ֣ין בְּגֹֽוא־נוּרָ֔א וַחֲבָ֖ל לָא־אִיתַ֣י בְּהֹ֑ון וְרֵוֵהּ֙ דִּ֣י [רְבִיעָיָא כ] (רְֽבִיעָאָ֔ה ק) דָּמֵ֖ה לְבַר־אֱלָהִֽין׃ ס

A expressão aramaica לְבַר־אֱלָהִֽין׃ (lebar elahim) que aparece no texto original deve ser traduzida por “Filho de Deus” pois a palavra  אֱלָהִֽין  (Elahim)  tem como correspondente a palavra hebraica אֱלֹהִ֑ים(Elohim) que quando se refere a Deus é sempre traduzida no singular mesmo estando no  plural.e na maioria das vezes é traduzida por “Deus” singular.  
Outro fator importante é que a expressão aramaica  לְבַר־אֱלָהִֽין׃(lebar Elahim) é utilizada nos targuns(traduções em aramaico) , como referencia a ao Deus verdadeiro  os targuns de Onkelos,Neofeti  e o Targum Pseudo-Jonathan.
O Targum Neofeti utiliza  duas vezes a palavra aramaica אֱלָהִֽין  (Elahim) para se referir ao Deus verdadeiro em Êxodo 18:11 e Deuteronômio 1:11, o Targum Pseudo-Jonathan também faz o mesmo em Êxodo 18:11, isso indica que a utilização da forma plural para se referir  ao Deus verdadeiro não se restringe somente ao Hebraico.
O dicionário  hebraico Koehler / Baumgartner padrão afirma que a palavra אֱלָהִֽין pode ser usada pra se referir a “Deus”.

Varias traduções muito antigas da Bíblia traduziram a expressão aramaica לְבַר־אֱלָהִֽין׃(Lebar Elahim) por “Filho de Deus” a quem as escrituras vão identificar como sendo um titulo de Cristo, pois no novo testamento essa expressão é utilizada no singular somente para se referir a Cristo, apesar  de Lucas 3:38 na NVI trazer “filho de Deus” como referencia a Adão, a palavra grega υἱός(filho) não aparece no original grego é acréscimo do tradutor vejamos o texto grego de Lucas 3:38:
του ενως του σηθ του αδαμ του θεου -Novo Testamento Grego Nestle-Aland
agora vejamos como as traduções antigas da Bíblia traduziram a expressão aramaica לְבַר־אֱלָהִֽין׃(Lebar Elahim) de Daniel 3:25 :
Versão grega de Teodócio 2º Séc. d.C-  υἱῷ Θεοῦ(Filho de Deus)
Versão grega de Áquila2º Séc.d.C-  υἱῷ Θεοῦ(Filho de Deus)
Vulgata  4º/5º séc. d.C-filio Dei(Filho de Deus)
Vários comentários bíblicos vão afirma que o Ser que aparece ali não é um anjo mais uma manifestação de Cristo pré-encarnado conhecida como teofania a qual as vezes e identificada no antigo testamento como sendo o Anjo do Senhor, vejamos:

- T. Robinson, o Comentário Homilético do Pregador (1892), "Daniel",
p.72. Diz: "Na realidade, foi Cristo, o Filho de Deus, que apareceu neste
momento em forma humana."
"No verso 28, o rei o chama de" anjo "de Deus, que Ele certamente era -
o" anjo do Senhor ", também chamado de" Mensageiro da Aliança ", o
Filho de Deus, que na plenitude dos tempos Foi "feito carne e habitou
entre nós". "- Ibid. ., P. 73


Comentário bíblico Moody p.33 afirma:
“Esta pessoa poderia muito bem ter sido o Filho de Deus pré-encarnado,
mas nesse caso, Nabucodonosor não sabia quem Ele era.”


Comentário Bíblico Africano p.1023 diz:
“E o quarto tinha a aparência de um filho dos deuses (3:25).
Nabucodonosor não podia reconhecer a pré-encarnação do
Filho de Deus, por isso o descreveu como um anjo ou um
ser divino (3:38)”


Comentário Bíblia de Estudo Shedd:
“A proteção divina foi publicamente revelada mediante a obra de
alguém que era semelhante a um filho dos deuses, ou seja, o Redentor
revelado “antes dos dias da Sua carne” (Hb 5.7) que os “salvou
totalmente” (Hb 7.25) do fogo.”.


Comentário Bíblico de Matthew Henry:
“Deus, que preservou-os em meio ao fogo, os jovens
Caminhavam de um lado para outro em meio ao fogo, sustentados e
animados pela presença do Filho de Deus. Aqueles que sofrem por
causa do Senhor Jesus Cristo têm a sua presença até dentro de uma
fornalha ardente, e no vale da sombra da morte.

Comentário Bíblico Expositivo, Warren W. Wiersbe:                                                                           “O rei pensou que fosse um anjo parecido com um "filho dos deuses" (vv. 25, 28), mas a quarta pessoa na fornalha era Jesus Cristo em uma de suas aparições pré-encarnadas no Antigo Testamento (ls 43:2; Sl 91:9-12).”

Notas Explicativas de John Wesley :                                                                                                   “Sem dores - Veja como o Deus da natureza pode, quando ele deseja, controlar os poderes da natureza! O Filho de Deus - Provavelmente ele ouviu David falar dele. Jesus Cristo, o Anjo da aliança, às vezes apareceu antes de sua encarnação. Aqueles que sofrem por Cristo, têm sua presença graciosa com eles em seus sofrimentos, mesmo na fornalha de fogo, mesmo no vale da sombra da morte, e, portanto, não precisam ter medo de nenhum mal.”

Comentário Critico e Explicativo Sobre a Bíblia Inteira, Jamieson Fausset Brown:                     “como o Filho de Deus - inconscientemente, como Saul, Caifás ( João 11: 49-52 ) e Pilatos, ele é feito para prover verdades divinas. "Filho de Deus" em sua boca significa apenas um "anjo" do céu, como revela Daniel 3:28 . Compare Job 1: 6 , 38: 7 , Salmos 34: 7 Salmos 34: 8 ; e a exclamação provavelmente do centurião pagão ( Mateus 27:54 ). Os caldeus acreditavam nas famíliasdos deuses: Bel, o deus supremo, acompanhado pela deusa Mylitta, sendo o pai dos deuses; assim, a expressão que ele quis dizer: uma surgiu e enviada pelos deuses. Realmente foi o "mensageiro da aliança", que aqui deu um prelúdio a Sua encarnação.”

Além desses comentários bíblicos, Comentando Daniel 3:25 Ellen White também afirma que se tratava de uma manifestação de Cristo:
“Mas o Senhor não esqueceu os Seus. Sendo Suas testemunhas lançadas na fornalha, o Salvador Se lhes revelou em pessoa, e junto com eles andava no meio do fogo. Na presença do Senhor do calor e do frio, as chamas perderam o seu poder de consumir.” Ellen White, Profetas e Reis pág.508-509

“De repente, o semblante do rei empalideceu de horror. Seus olhos se fixaram nas chamas ardentes e, voltando-se para seus lordes, disse: "Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo?" A resposta foi: "É verdade, ó rei". Dan. 3:24. E então o rei exclama: "Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho dos deuses." Dan. 3:25. Quando Cristo Se manifesta aos filhos dos homens, um poder invisível fala a seu coração. Eles sentem que estão na presença do Infinito.” Ellen White, Santificação pág. 38

Agora fica uma pergunta , como um rei pagão saberia que ali estava presente o Filho de Deus o Messias ? essa pergunta é respondida através de Ellen White veja um que ela afirma:

“Como sabia o rei pagão a que era semelhante o Filho de Deus? Os cativos hebreus que ocupavam posição de confiança em Babilônia tinham representado a verdade diante dele na vida e no caráter. Quando perguntados pela razão de sua fé, tinham-na dado sem hesitação. Clara e singelamente tinham apresentado os princípios da justiça, ensinando assim aos que lhes estavam ao redor a respeito do Deus a quem adoravam. Eles tinham falado de Cristo, o Redentor vindouro; e na aparência do quarto no meio do fogo, o rei reconheceu o Filho de Deus.” Ellen White, Profetas e Reis Pág 509


Autor: Wesley Renilson Silva

Referencias bibliográficas:
Comentário Bíblico NVI antigo e Novo Testamento F.F Bruce, Daniel 3
Bíblia Hebraica Stuttgartensia
Targum Onkelos,
Targum Neofeti 
Targum Pseudo-Jonathan.
Dicionário  hebraico Koehler / Baumgartner padrão
Novo Testamento Grego Nestlé-Aland
T. Robinson, o Comentário Homilético do Pregador (1892), "Daniel",
p.72.
Comentário bíblico Moody p.33
Comentário Bíblico Africano p.1023
Comentário Bíblia de Estudo Shedd
Comentário Bíblico de Matthew Henry
Comentário Bíblico Expositivo, Warren W. Wiersbe
Notas Explicativas de John Wesley
Comentário Critico e Explicativo Sobre a Bíblia Inteira, Jamieson Fausset Brown
Ellen White, Profetas e Reis pág.508-509

Ellen White, Santificação pág. 38

Fonte de referência, estudos e pesquisa: http://verdadepresent.blogspot.com/2017/09/daniel-325-o-quarto-homem-na-fornalha.html
Print Friendly and PDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para a atualização e manutenção deste Blog. Que Deus abençoe e multiplique as suas bençãos!

My Instagram

Classificação da Perseguição Religiosa 2019!

Classificação da Perseguição Religiosa 2019!
Classificação dos 50 Países com Perseguição Religiosa, onde seguir à Jesus pode custar a vida. Atualizado em 2019.

O Evangelho de Jesus Cristo, alçando o Mundo!